Acessar o conteúdo principal

Menina de 3 anos é resgatada com vida quatro dias após terremoto que deixou mais de 100 mortos na Turquia

Equipes de resgate acomodam na maca a menina de 4 anos resgatada sob os escombros de um prédio que desabou há quatro dias, em decorrência do forte terremoto que atingiu o oeste da Turquia.
Equipes de resgate acomodam na maca a menina de 4 anos resgatada sob os escombros de um prédio que desabou há quatro dias, em decorrência do forte terremoto que atingiu o oeste da Turquia. AP
Texto por: RFI
3 min

Uma menina de 3 anos foi resgatada com vida nesta terça-feira (3) depois de passar quase quatro dias soterrada nos escombros de um prédio que desabou com o forte terremoto ocorrido sexta-feira (30), na Turquia. O tremor de terra de magnitude 7 na escala Richter deixou ao menos cem mortos. O epicentro foi localizado no mar Egeu, ao largo do balneário turístico de Izmir. Inicialmente, o prefeito da cidade disse que a garotinha tinha 4 anos.

Publicidade

"Vimos um milagre da 91ª hora. Os socorristas conseguiram resgatar Ayda, 4 anos, viva", celebrou o prefeito de Izmir, Tunc Soyer, no Twitter. A menina foi retirada, sob aplausos, das ruínas de um edifício que desmoronou no distrito de Bayrakli, perto de Izmir. “Neste momento de sofrimento, também tivemos este momento de alegria”, acrescentou o prefeito.

A pequena Ayda Gezgin foi salva pelas equipes da agência governamental turca para situações de desastre (Afad) que trabalham dia e noite em busca de sobreviventes. Depois de ser removida com todo o cuidado, a garotinha foi envolta em um cobertor de alumínio de emergência, utilizado em acidentes para manter a temperatura corporal num patamar adequado. Transferida para uma maca, ela foi levada para um hospital da região. Alguns agentes filmaram a evacuação usando seus telefones celulares para capturar o momento de emoção.

Ontem, as equipes de resgate já haviam retirado outras duas meninas vivas, de 3 e 14 anos, de escombros deixados pelo terremoto. Elas estavam soterradas sob os restos de dois prédios destruídos na província de Izmir.

Na manhã desta terça-feira (3), o balanço de vítimas deste tremor de terra subiu para 102 mortos, 994 feridos, sendo 147 ainda hospitalizados, de acordo com o boletim da Afad. O terremoto, cujo epicentro foi identificado no mar Egeu, atingiu também a ilha grega de Samos, matando duas pessoas.

Com informações da AFP

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.