Acessar o conteúdo principal
Imprensa

Jornais franceses destacam batalha midiática entre Macron e Le Pen

"Macron - Le Pen: A Guerra das Imagens" é a manchete do jornal Aujourd'hui en France desta sexta-feira (28).
"Macron - Le Pen: A Guerra das Imagens" é a manchete do jornal Aujourd'hui en France desta sexta-feira (28).
Texto por: RFI
4 min

Os jornais franceses desta sexta-feira (28) destacam a batalha dos dois candidatos à presidência da França, Emmanuel Macron e Marine Le Pen, pelos votos dos indecisos e dos abstencionistas, a uma semana do fim da campanha eleitoral.

Publicidade

"Macron - Le Pen : A guerra das imagens" é a manchete de capa do jornal Aujourd'hui en France, que estampa o candidato centrista jogando futebol com jovens na periferia de Paris e a líder da extrema-direita segurando um polvo a bordo de uma embarcação pesqueira no sul da França. "A dez dias do segundo turno, os dois finalistas decidiram se confrontar nas mídias", encarnando uma verdadeira guerra de imagens, salienta.

Para o jornal, essa última semana evidenciou o desespero dos dois candidatos pela atenção dos jornalistas. A visita de Macron e Le Pen, quase no mesmo momento à Amiens, para conversar com grevistas da fábrica Whirpool, ameaçada de deslocalização, foi o auge deste duelo, avalia Aujourd'hui en France. "Estamos inundados de imagens simplistas que parecem gerar um curto circuito da razão coletiva e dão ares dramáticos a uma campanha onde tudo parece possível", escreve o editorialista do diário.

As imagens de Macron jogando futebol com jovens de Sarcelles, na periferia da capital francesa, também impressionaram o jornal Le Figaro. "Enquanto ele conversava com os adolescentes, em meio a um empurra-empurra de jovens entusiasmados pedindo autógrafos e selfies, a equipe de campanha do centrista transmitia ao vivo a visita do candidato no Facebook", escreve Le Figaro. Para o jornal, a ida à Sarcelles é o ponto alto da queda de braço travada entre os dois rivais.

Próximo confronto será debate na TV

A próxima batalha será o debate televisivo entre a dupla na próxima quarta-feira, dia 3 de maio. De acordo com Le Figaro, a equipe de Macron já trabalha a toda potência no grande evento midiático, identificando os pontos fracos de Le Pen. Enquanto isso, o centrista se concentra na busca por mais votos. Na noite de ontem, em entrevista ao canal TF1, o candidato quis evidenciar um lado mais humilde, e desmentiu os rumores de que trabalharia com a ideia de que já teria vencido as eleições, reconhecendo que apenas 24% dos eleitores votaram nele no primeiro turno.

Já na capa do jornal econômico Les Echos, está a mudança de posição de Marine Le Pen nos últimos dias, diante da preocupação dos mercados com seu projeto de saída da União Europeia. "A candidata amortece seu discurso, já que um terço dos franceses querem que a França permaneça no bloco. A Frente Nacional diz ouvir os eleitores, mas não abandona o projeto", diz o diário.

"O problema é que a saída da União Europeia é o pilar do programa do partido", destaca Les Echos. O jornal lembra que, no início de março, a própria Marine Le Pen admitiu que não poderia executar 70% de suas promessas sem a saída do bloco. Não é a toa que 63% dos eleitores acreditam que a eleição da líder da extrema-direita teria consequências graves para a França, conclui.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.