Acessar o conteúdo principal

Manifestantes protestam perto do centro espacial da Guiana Francesa

Base espacial de Kourou, na Guiana Francesa
Base espacial de Kourou, na Guiana Francesa AFP/Jody Amiet
Texto por: RFI
3 min

O governo francês recusou o pedido do coletivo Pou Lagwiyanne Dekolé, que exige o envio de US$ 2,5 bilhões para a Guiana Francesa.

Publicidade

Pierre Olivier, enviado especial da RFI à Guiana Francesa

O primeiro-ministro, Bernard Cazeneuve, considera o pedido "irrealista" e solicita a retomada do diálogo para pôr fim a duas semanas de crise social. Uma grande manifestação está prevista para esta terça-feira (4) em Kourou, a alguns quilômetros do centro espacial guianense.

Durante toda a noite da segunda-feira (3), mensagens mobilizaram as pessoas por meio de aplicativos de conversa instantânea, como o WhatsApp. Rodolphe Alexandre, presidente da Assembleia da Guiana Francesa, reagiu à recusa de Cazeneuve.

"O discurso dele é desajeitado, chegando ao limite do desprezo”, afirmou. “Hoje corremos o risco de ter uma radicalização ainda mais forte do coletivo e dos políticos. Não faço demagogia nem populismo. Já faz cerca de 10 anos que estou no poder. Fui prefeito, fui presidente da região. O que a população fala é o que nós exprimimos: fomos humilhados."

Ele continua, dizendo que "não somos pedintes". “Temos o setor madeireiro, o setor aurífero, o setor pretolífero, a biodiversidade, a agro-transformação. E que atualmente os guianenses questionem a relação com a França, eu não sou contra. Vamos fazer um grande debate, ver como podemos avançar para ter mais poder. Não podemos mais aceitar ser dirigidos por tecnocratas que estão a 8 mil km de distância.”

Os manifestantes, que virão de todo o território, querem que a mobilização seja histórica. Um participante da capital, Caiena, a 60 km de Kourou, diz que vai com toda a família. “A avó, o avô, o pai, vamos levar todo mundo.”

Para permitir a presença dos guianenses, os postos de gasolina foram reabastecidos e as barreiras serão retiradas das estradas durante todo o dia. Cerca de 30 ônibus foram fretados, que partirão das principais cidades a Kourou.
 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.